Quero deixar a barba crescer, o que fazer?

Imagem de Craig McKay por Pixabay

Quero deixar a barba crescer, o que fazer?

Então você resolveu que está na hora de deixar sua barba crescer, ou depois de um tempo resolveu finalmente retomar aquele projeto barba de respeito.

Mas por onde começar a cultivar sua barba?
Qual o melhor momento iniciar o uso de produtos para barba?
E quais produtos você realmente precisa nas primeiras semanas?

Pode parecer complicado, mas na verdade não é. Se quiser deixar crescer uma barba de respeito do zero,
siga as dicas abaixo para não perder tempo e não ficar frustado.

1- ESFOLIAR
O primeiro passo é evitar pelos encravados que são comuns quando a barba está começando a nascer.

O pelo encrava quando ele não consegue romper a camada mais superficial da pele. Daí a ponta se curva e ele penetra novamente pelo folículo, ficando por baixo pele.
Como ele é um corpo estranho ali dentro, o seu organismo tenta se livrar dele e produz uma reação inflamatória parecida com espinhas que podem coçar e doer.
E na região da barba ele acaba sendo mais comum ainda já que os pelos são mais grossos e encaracolados.

2-Lave bem seu rosto diariamente
Isso removerá a descamação natural da pele, estimulando o crescimento do pêlo facial;
Ao contrário do que muitos podem pensar, o shampoo de barba não é feito pra ser usado só em barbas grandes. Ele pode substituir
o seu sabonete de rosto desde o primeiro dia que você resolver deixar a barba crescer.

3 – HIDRATAR
Com o rosto limpo e já seco é hora de hidratar com o Balm de Barba.

O Balm é um hidratante sem enxágue e refrescante feito com ingredientes naturais de origem vegetal. Além de manter a pele do rosto e os fios da barba hidratados ele ajuda na renovação celular e ainda evita a coceira e irritação típicas de quando a barba está começando a crescer.

Com estes 3 cuidados simples fica muito mais fácil segurar as pontas até a barba chegar no comprimento desejado.

Além disso, aqui vão mais algumas dicas:

Tenha uma dieta balanceada e obtenha suas vitaminas
Assim como outras células do nosso corpo, a composição dos fios precisa de proteína e vitaminas para proporcionar o crescimento. Sendo assim, tenha uma dieta saudável e balanceada e isso certamente ajudará no crescimento da sua barba. Procure alimentos e sumplementos ricos em ácido fólico, vitaminas D, zinco, ferro e vitaminas do complexo B.

Pratique exercícios físicos
Como um recurso extremamente masculino, o crescimento da barba é melhor estimulado quando o organismo está produzindo a quantidade ideal de testosterona. Uma das formas mais saudáveis de aumentar os níveis de testosterona é através de exercícios físicos. Além disso, que mulher não fica louca com um barbudo saradão?!

Descanse
Assim como o seu treinador na academia diz para você, é preciso descansar para dar tempo e canalizar a energia no crescimento das células do músculo. E nesse caso o mesmo se aplica para os fios da sua barba. Estudos mostram que os fios tendem a ter o maior índice de crescimento durante o sono, então descanse bem durante a noite, tente obter sono de qualidade que é mais importante do que a duração.

Turbine seu abdômen ingerindo carboidratos

Turbine seu abdômen ingerindo carboidratos
Normalmente nas dietas é comum cortar os carboidratos para auxiliar na perca de peso, pois ele é considerado um vilão nas dietas, porém você não precisa entrar nessa de fazê-lo seu inimigo, pois ele pode ser um grande aliado para o seu abdômen e pra você viver bem.
Geralmente as pessoas que almejam a boa forma dão preferência a ingestão de proteínas, esquecendo que os carboidratos são extremamente importantes, pois fornecem energia para o corpo durante as atividades do dia-a-dia.
Os nutrientes, irão garantir pique para você treinar, trabalhar e curtir a noite com a parceira, auxiliando também na redução da gordura abdominal fazendo o famoso efeito de “Seca Barriga”. Utilize as táticas certas na hora de comê-los. Confira as dicas:
Para ficar saciado
Inclua ao cardápio fontes de carboidratos como batata, mandioca, banana, arroz, farinha de trigo integral, feijão-branco, aveia e lentilha. Esses alimentos possuem amido resistente a ingestão dele pode ajudar a queimar até 23% mais gordura, fazendo também com que essa substância não seja digerida no intestino delgado, saciando você por mais tempo.
Acelere seu metabolismo
Para quem acha que ingerir carboidratos depois das 20h faz mal não é bem assim para quem quer emagrecer, comidas cheias de amido, aumentam a produção de serotonina no organismo. A serotonina é um neurotransmissor que passa a sensação de bem estar e ajuda a você dormir melhor. Ter uma boa noite de sono pode acelerar o metabolismo em até 20%, ou seja, seu corpo vai gastar mais calorias mesmo quanto estiver parado sem fazer nenhum exercício físico, sendo fácil trincar o abdômen.
Evite assaltos a geladeira
Se o objetivo principal é a perca de peso, ao invés de cortar as batatas do cardápio, cozinhe-as e depois unas a uma salada gelada. Após o resfriamento do vegetal você aumenta a quantidade de amido e diminui o índice glicêmico (IG). Quando um carboidrato tem IG menor, ele é absorvido mais lentamente pelo organismo, mantendo o corpo saciado por mais tempo e ajuda a diminuir seus estoques de gordura. Para reduzir ainda mais o índice glicêmico das batatas, adicione cebola, tomate, vinagre e azeite à salada. Pesquisadores descobriram que a batata frita temperada com vinagrete provoca picos menores de açúcar no sangue, o que diminui a liberação de insulina, hormônio que favorece o acúmulo de gordura abdominal, ajudando a controlar os ataques de gula e as vontades de comer doces.
Turbine o resultado do treino
O carboidrato é uma das principais fontes de energia para seu organismo durante a prática de atividades físicas, por isso é necessário a ingestão de nutriente uma hora ou meia hora antes de malhar, para garantir um bom desempenho durante as atividades físicas, evitando um catabolismo muscular (processo de perda de massa magra). A batata é uma ótima opção para se comer antes do treino, ela fornece a Vitamina C e eletrólitos, como o potássio contribui na síntese do glicogênio muscular. A ingestão de carboidratos também é importante após os exercícios, pois os nutrientes são fundamentais para a recuperação e formação dos músculos.
Torne o arroz branco mais saudável
Você pode comer arroz branco e macio, sem culpa por não ter optado pela versão integral. O arroz misturado ao feijão reduz os picos de insulina provocado pelo alimento ajudando você a eliminar os pneus. A fibra do feijão diminui o IG do arroz, além disso os dois juntos formam o amido resistente. O feijão carioquinha (marrom) e o preto são os que misturados ao arroz, tem o melhor efeito para encolher a barriga. Outra forma de usar o arroz branco para secar a pança é comê-lo gelado, pois isso também cria amido resistente. Você pode fazer uma salada (como aquelas que são feitas com macarrão) ou arroz doce, utilizando na receita adoçante no lugar de açúcar.
Deixe seu sanduba imbatível
O pão branco está entre os alimentos com maior índice glicêmico. Mas com os acompanhamentos adequados, você pode montar um lanche esperto sem ficar com a consciência pesada. Na hora de montar seu sanduiche, troque o requeijão ou a manteiga por azeite. Segundo estudos pessoas que ingerem gorduras insaturadas, como o azeite de oliva, tem facilidade em manter o seu peso em longo prazo. Outras fontes de nutrientes que você pode usar para incrementar seu sanduíche são: atum, creme vegetal, creme de amendoim e gergelim.
Carboidratos em excesso pode fazer o efeito contrário a dieta
De vez em quando dá aquela vontade de comer vários carboidratos de uma vez como batata, macarronada, arroz e pão. Porém fazer disso um hábito não é bom, pois ingerir constantemente vários tipos de carboidratos acentua a presença de glicose no sangue e na liberação de insulina. Para evitar o excesso, ingira uma quantidade correta de carboidratos, divida seu prato em quatro partes: numa delas coloque alimentos com fonte de proteínas como peixe, frango, carne, ovos. Em outra parte os carboidratos: arroz, macarrão, batata, pão. Nas duas que sobram vão os legumes e as verduras. É importante que a metade do prato seja com esses vegetais pois eles suprem os nutrientes que o corpo necessita, além das fibras deles colaborarem para a digestão de carboidratos evitando os picos de insulina no sangue.
Entenda as verdades sobre o glúten
Há algum tempo surgiram novas dietas que excluem o glúten dos pratos, mas ele não é inimigo do seu tanque.
O que é?
Proteína encontrada na aveia, no trigo, no malte, na cevada, no centeio, derivados desses alimentos são cereais, pães, massas, biscoitos, uisque, cerveja, dentre outros.
Deve ser evitado?
Para quem possui doenças celíacas que é intolerância ao glúten, deve evitar a substância porém se você não possui esse tipo de problema, não é necessário restringi-la do seu cardápio. Tirá-la da dieta pode dificultar na ingestão de carboidratos, pois o glúten está presente em grandes partes dos alimentos que são fontes de nutrientes.
Ajuda a construir massa magra?
O glúten é uma proteína de alto valor biológico possui todos os aminoácidos essenciais à formação dos músculos, por isso ele não é bom para desenvolver músculos braçais. Os alimentos mais ricos em aminoácidos essenciais são os de origem animal como carne vermelha, peixe, leite, frango e ovos.

Cachecol para Homens

Um acessório simples que faz toda a diferença e que pode dar um estilo sofisticado ao seu visual. Muito usado na época fria para proteger a garganta e peito, o cachecol é um dos acessórios que adotam um ar elegante para o homem moderno, assim como chapéu, gorro, suéter, coletes, blazers, jaquetas e botas.
É uma peça tradicional em países do hemisfério norte devido ao frio rigoroso, porém no Brasil durante muito tempo foi uma peça exclusiva das mulheres devido ao preconceito masculino, porém esse tabu vem sendo quebrado e ele vem tomando as passarelas da moda masculina. Raramente era visto um homem andando pelas ruas usando cachecol, mas com o passar do tempo isso tem mudado, pois o cachecol masculino tem ganho espaço no guarda roupas do homem moderno se tornando uma peça fundamental nos dias frios.
Seu surgimento deu-se à cerca de 2 mil anos atrás, tendo como evidência mais antiga seu uso por chineses podendo ser confirmado através de esculturas do exercito de terracota. O cachecol era o símbolo que determinava quais patentes cada um pertencia.

Após isso os croatas, franceses e ingleses adotaram o uso do cachecol em seus países sendo muito utilizados por nobres e militares da época. Nomes que popularizaram a peça foram Beethoven e a Rainha Vitória que era muito chegada a moda feminina e masculina usando também o acessório.
Tipos de cachecóis
A peça vem sendo fundamental para quem possui um estilo mais sofisticado e deseja dar um toque despojado, descontraindo assim os looks mais formais. Existem cachecóis de diversos tecidos como lã, linha, algodão, porém os mais usados são os de lã, podendo ser mais finos ou mais grossos, sendo mais usados em dias de inverno rigoroso. A diferença do cachecol masculino pro feminino está no comprimento e no volume, normalmente os masculinos são mais compridos e mais volumosos.
Lembre que você deve escolher o cachecol de acordo seu tipo de corpo.
Mas como usar o cachecol?
Aqui no Brasil, a maioria dos homens não adotaram o estilo e nem o hábito de usar cachecol, por ser um país tropical e ter diversas regiões bem calorosas o cachecol demorou a ser incorporado a moda e as tendências masculinas do nosso país. A procura pelo acessório tem crescido nos últimos anos. Quem mora nas regiões mais frias como sul e sudeste a peça é essencial.
O cachecol vai muito além só de aquecer, ele é uma peça capaz de dar um UP no visual se combinado corretamente, com infinitas possibilidades de combinações, valorizando assim o corpo se for combinado a peças sem exageiro. Apostem sempre em cores neutras e escuras, como marrom, cinza, preto e azul escuro, mas se for usar de cores mais vivas, invista em estampas como o xadrez que nunca sai de moda, a dica é usar com uma roupa mais sóbria para fazer contraste.
Para quem possui os pescoço curto a dica é não exagerar nas amarrações volumosas.
As pessoas com o pescoço mais longo a dica é abusar dos cachecóis volumosos e pesados pois eles dão equilíbrio a silhueta.
Para homens baixos o ideal são os de cor lisa ou com pouca estampa, isso irá ajudar a alongar o corpo também pode usar a mesma cor da peça de cima.
Já em homens altos ao contrário dos baixos podem investir em cachecóis estampados e coloridos, mas é importante saber incorporá-lo ao visual.
Os cachecóis de tricô, feito a mão, pode ser de diversas cores e tamanhos, o legal é que ele pode ser comprado ou encomendado de acordo com seu gosto e estilo.
Os de crochê assim como os de tricô também pode ser comprado já pronto ou por encomenda de acordo com seu estilo. Os feito a mão tem qualidade e são incomparáveis aos industriais.
Tipos de Nós
Os nós são fáceis e versáteis não tem erro, é só seguir as instruções. Você pode usar o acessório sobre as camisas, camisetas, suéteres, jaquetas de couro, blazers e até com terno.
Uma Volta: é simples arrojado e informal. Use com uma camisa de manga comprida ou de tricô básico.

Duas voltas: Perfeito pro dia frio, aquecendo melhor o pescoço e protegendo bem do frio.

Chicote Clássico ou nó parisiense: Moderno e sofisticado, combina com terno, é legal deixar as pontas para dentro do casaco.

Vantagens de usar Cachecol
Ele aquece e isola o corpo do frio, dá charme a qualquer visual, descontrai um visual social, enriquece um look casual, dá cor a looks sóbrios, existem muitas formas de usar, basta ter criatividade, tecidos mais leves podem ser usados em tempos mais frescos, fácil de carregar, cabe na bolsa, pode usar amassado que também é um charme, existem diversos modelos de diferentes tipos de tecidos e cores e ajuda no equilíbrio com a silhueta.
Cuide bem do seu Cachecol
Prolongue a duração da sua peça com os cuidados a seguir:
Não ponha lã, seda ou cashmire diretamente na máquina de lavar. Coloque-os em pequenos sacos de tecido, se não quiser comprá-los utilize sacos de TNT que vem em bolsas e feche-os com um nó.
Prefira lavá-los separadamente das outras peças, programe sua máquina de lavar para tecidos leves e delicados.
Na hora de escolher o sabão, prefira os líquidos e neutros, assim não danifica a fibra do tecido e não ponha no sol para secar pois pode desbotar a peça e danificar as fibras. Deixe as peças secarem na sombra.
Ao guardar evite sacos plásticos, utilize os de TNT, pois eles permitem que as peças respirem e por isso afastam o mofo. Dobre ou enrole o cachecol limpo antes de colocá-lo no saco e ponha a peça para tomar um ar pelo menos uma vez por mês.
Cores e estampas que você deve investir e ter em seu guarda roupas, são:
O curinga que são tons mais escuros que você pode apostar sem erro que ele deixa qualquer visual mais sofisticado.
O xadrez é o destaque fica ideal em looks monocromáticos assim como o estampado.
Evite exagerar se colocar uma camisa estampada, não ponha um cachecol estampado, o mesmo com o listrado.

Aprenda a cuidar da sua barba

Imagem de Mark Thomas por Pixabay

Aprenda a cuidar da sua barba
Cuidar da aparência exige paciência e dedicação; e com a barba não é diferente. Para quem deseja ter uma barba grande e bem tratada é importante aderir uma rotina de cuidados para que os fios cresçam saudáveis.
A barba tem seu charme e chamam a atenção dando um ar de limpeza e arrumação. Há mulheres que as adoram sejam elas assanhadas, ralas ou bem feitas.
Para quem é adepto da barba, mas não sabe como mantê-la nem os cuidados necessários siga nossas estratégias para domar os pelos e deixá-la em dia, seja rala ou cheia.
A importância da lavagem dos pelos
Os fios da barba assim como os do cabelo devem ser higienizados, pois como todo fio pode haver acúmulo de bactérias, foliculite, até mesmo caspa e isso pode causar problemas bucais futuros devido a má higienização.
A foliculite ou pseudofoliculite na barba é uma inflamação causada por pelos encravados, o que é comum no rosto e no pescoço. Para prevenir hidrate a pele todos os dias, esfolie para retirar as células mortas, tome cuidado ao aparar a barba molhe o rosto com água morna, use creme de barbear, passe a lâmina sempre no sentido do crescimento do pelo e hidrate a área quando terminar.
Caspa na barba há três motivos básicos que causam caspa:
• Fatores Genéticos: Acredita-se que a dermatite seborreia estejam ligados a genética. As caspas podem piorar devido ao seu estado emocional em períodos de grande estresse. Se esse for o caso é necessário ter atenção redobrada aos cuidados diários com a barba, em alguns casos a pele pode apresentar irritação com produção excessiva de descamação, o ideal a se fazer é raspar a barba para tratar a pele até ela se recuperar completamente.
• Pele seca: tem facilidade na descamação, devido ao ressecamento da pele, por esse motivo se você deseja manter a barba é fundamental hidratar a pele do rosto. Use produtos faciais específicos que auxiliem na hidratação da pele como óleos para barba, ele deve fazer parte da sua rotina diária. Somente dessa forma você manterá a pele equilibrada, evitando assim a descamação e a caspa.
• Desidratação do pelo: Assim como os cabelos da cabeça, os fios da barba também deve ser hidratados, por eles serem mais grossos eles são mais secos, se você pretende ter ou permanecer com a barba longa e cheia é necessário investir em produtos que hidratem a pele e os fios, para haver um equilíbrio e mantê-los hidratados por igual. Dessa forma sua pele não apresentará caspas e nem outras dermatites e ficará macia e sedosa.
Produtos que devem ser usados para a lavagem dos fios
Use produtos próprios para barba para que não haja ressecamento, descamação da pele, desnutrimento dos fios e fragilidade.
Use shampoo – o sabonete pode agredir a pele do rosto, trazendo ressecamento, por isso use produtos próprios para barba, o shampoo tem a função de fazer uma limpeza profunda, retirando todas as impurezas acumuladas devido a exposição dos fios a poluição das ruas, deixando-os mais limpos, nutridos e hidratados, reduzindo assim a irritação e a coceira, trazendo refrescância a pele.
Use condicionadores – Assim como os cabelos a barba normalmente aumenta a oleosidade da pele, principalmente se ela for longa. Podendo causar irritação, vermelhidão e ressecamento da pele provocando a descamação. A descamação da pele pode causar falhas e proliferação de caspa. O condicionador tem a função de hidratar a pele após o shampoo deixando os fios mais fortes e resistentes. Ele pode ser usado diariamente para quem possui pelos grossos e crespo pois requer muito cuidado.
Use óleos – o óleo tem a ação lubrificante, feito para hidratar e nutrir a pele do rosto abaixo da barba mantendo-a mais limpa melhorando a textura a saúde e a aparência dos fios. Ele aumenta a absorção dos nutrientes nos folículos reduzindo assim inflamações, prevenindo infecções que impedem o crescimento e comprometendo a aparência da barba.
Use lâminas – Para ter uma barba bem feita e bem desenhada use lâminas ou procure um barbeiro profissional que faça a navalha é mais eficaz para desenhar a barba. Caso faça em casa tenha cuidado com o manejo da lâmina para não se cortar, use espuma de barbear para auxiliar na retirada dos fios e após a retirada hidrate a pele para evitar foliculite.
Dicas para cuidar e hidratar sua barba
A limpeza é necessária para dar proteção a pele e nos fios, tendo em sua fórmula, um PH anti-coceira e anti-caspa dando limpeza profunda a barba nutrindo e hidratando a pele.
O acúmulo de sujeira na pele tende produzir oleosidade, isso faz com que a pele desenvolva cravos e espinhas devido o excesso de sebo na pele, o uso diário do shampoo para a barba pode diminuir o problema.
Para quem possui pelos grossos, o condicionador é ideal, pois ele hidrata os fios ressecados, dá brilho maciez e ajuda a deixa-los comportados. Esse cuidado é feito para devolver a vida aos fios e ajudando também a hidratar a pele. Pode ser usado diariamente após o banho para quem tem fios rebeldes.
Os óleos são ideais para lubrificar a barba e auxiliam no crescimento dos fios abrindo os poros eliminando impurezas.
Cigarros e bebidas são prejudiciais para a barba, o cigarro pode amarelar os fios, a nicotina destrói as fibras que formam o colágeno; já a bebida prejudica o crescimento dos fios deixando-os com um aspecto ruim sem hidratação e com deficiência de nutrientes.
Tenha paciência, pois ansiedade e problemas emocionais ocasionam a redução da testosterona impedindo o crescimento e negligenciando os cuidados que deveriam ser feitos e não obtendo os resultados desejados.
Invista em produtos de qualidade.
Trate sua barba com carinho, desembarace os fios, deixando-os comportados com produtos próprios para a barba.
Reserve um tempo para cuidar da sua barba, adote uma rotina de cuidados, separe um tempo pela manhã, antes ou após o almoço e antes de dormir. Se você mantiver uma rotina de cuidados terá fios hidratados bem nutridos e muito saudáveis, isso o levará até o seu objetivo desejado.

Tendência Militar

Moda Masculina

Tendência Militar: Use peças incríveis sem medo de errar

O uso de peças militares tem sido mais contantes entre os homens. Quem poderia imaginar que esse estilo se tornaria uma das fontes mais usadas no Universo da Moda Masculina? Sendo uma das principais tendências, ela compõe um visual másculo e estiloso, porém algumas pessoas ainda tem dificuldades de combinar as peças devido a sua estampa camuflada. Muitos deixam de comprá-las por não saberem as cores que irão combinar. Mas não se preocupe, o mais importante é equilibrar as peças para o visual não ficar exagerado, porém é fácil fazer combinações dentro da paleta de cores dessa tendência.
Muitos apostam no preto que por ser uma cor neutra e que combina com tudo e com qualquer estampa, porém há outras cores que você pode usar com uma peça camuflada, por exemplo a cor beje, em algumas camuflagens a cor beje está presente, você pode usar todas as cores da sua peça camuflada, porém muitas pessoas ainda tem medo de arriscar. Outras cores que combinam com o camuflado são o cinza, azul escuro, até mesmo uma peça jeans, peças de couro como coturnos e jaquetas.
Vamos a algumas ideias para você apostar na tendência militar e na camuflagem sem erro:
No escritório parece ser bem arriscado usar não é? Sim, você tem razão, porém se você trabalha em uma empresa que não proíbe seus funcionários usarem devidas roupas mais despojadas você pode ousar e usar estampas não muito extravagantes porém discretas, que se adaptem ao seu estilo e ao seu ambiente de trabalho.
Você pode utilizar peças da paleta de cores camuflada, como: a camisa social com mangas dobradas num tom de verde musgo e uma calça de alfaiataria ou calça jeans na cor preta, complementando com um cinto marrom.

No dia-a-dia existem várias opções para você usar em ocasiões informais, curtir um happy hour com os amigos, uma festa e outros eventos. Veja alguns exemplos abaixo:
Bermuda Cargo ( a que possui bolsos nas laterais) – é uma peça informal, ideal para um visual mais relax, se apostar na bermuda camuflada você pode combiná-las com um tênis de lona verde musgo que dá um visual moderno, um look perfeito para um final de semana.
Essas bermudas em tons mais claros podem ser combinadas a camisas de tons mais escuros, inclusive camisas camufladas, pois é interessante haver equilíbrio entre as cores para que nada fique exagerado.

Coturnos – Calçados fortes e resistentes, muito usado em locais de regime militar, também é um símbolo masculino. Essa peça garante um visual básico, porém é importante lembrar que se você optar por vestir peças escuras, seu look ficará muito carregado, então aposte na composição de camisas ou sobreposições nos tons mais claros, como cinza, beje, verde claro ou branco podendo ser combinadas a calças jeans e até mesmo uma jaqueta de couro.
As calças que caem perfeitamente bem com os coturnos são as justas no tornozelo, não ponha a barra da calça totalmente para dentro, deixe um pouco para fora, isso dará um visual mais elegante. E também não é necessário amarrar o coturno até em cima, ou seja preencher todos os buracos, você pode deixar dois buracos livres de cada lado e amarrar. Caso o cadarço fique muito grande passe envolta do tornozelo por dentro e amarre na frente.

Tênis de Lona – É uma peça fundamental no guarda roupas masculino, por ser confortável e básico, ele garante um visual simples porém com estilo. Caso ache simples demais aposte na estampa militar ou se preferir escolha liso (sem estampa), que dá mais personalidade ao calçado.
Ele vai muito além de looks básicos, pode ser usado em ocasiões informais com uma calça jeans e uma camisa social com mangas viradas ou um modelo mais esporte.

Casaco de Sarja – É uma peça com estilo e personalidade tem uma pegada bem militar devido ao seu corte reto e o formato dos bolsos deixam o casaco mais descolado, que cai bem em uma balada, uma festinha ou qualquer outra ocasião informal, pode ser combinado com uma calça preta, uma camiseta básica e tênis. Lembrando que coturnos também caem bem.

Jaquetas de Nylon – Peça indispensável em dias frios, é uma jaqueta de excelente qualidade e durável, de fácil lavagem. Não possui muita variedade de cores, prefira as impermeáveis se você for daqueles que odeia usar guarda chuva ou capa de chuva. Esse tipo de jaqueta veste todos os estilos, do mais básico ao mais despojado, basta você saber qual é o seu estilo e apostar na jaqueta de nylon.
Calças Camufladas – O camuflado tem abraçado uma série de modelagens diferentes, tornando-o usual para qualquer estilo. Os modelos mais comuns são o sarja e o cargo que já eram um padrão, hoje a moda abre espaço para novas versões como o slim, skinny e outros modelos ajustáveis ao corpo, além dos tecidos leves e versáteis como saruel e moletom.
A estampa caiu no gosto de muitos estilistas que desenvolveram modelos incríveis para serem usados no dia-a-dia. Atualmente é possível ver muitos homens adotando a peça ao seu estilo, ela tem sido tão usada que virou uma peça coringa no guarda roupas de qualquer homem, ela tem o poder de dar um UP no visual por ser moderna e descolada.
Os padrões verdes, geralmente são chamados de selva
Exemplo: Calça selva com camiseta branca, tênis de lona ou qualquer outro tipo de tênis, por ser uma peça coringa ela combina muito bem com diversos estilos de calçados e acessórios

O marrom mesmo com variações de tonalidade são chamados de deserto
Exemplo: pode ser usada com uma camisa estampada, um casaco de moletom, touca e coturnos. Ou com peças lisas também combinam.

O cinza e correlatados são chamados de neve.
Combina com camisetas, ou regatas tênis dos mais variados estilos.

Vale a pena ressaltar aqui que acessórios são essenciais para complementar o visual, como óculos escuros, cintos, relógios, até mesmo bonés. Eles marcam um estilo casual ou despojado te deixando mais ousado, aposte nessa tendência que sempre estará no estilo.